terça-feira, 30 de setembro de 2008

ELEIÇÕES 2008 - AUTODOMINIO E RESPONSABILIDADE SOCIAL

O ser humano tem o poder de traçar seu próprio destino. Nós que fazemos a Táxi Company acreditamos que todos, sem exceção, podem construir um futuro melhor.

Criticar e apontar os erros do passado é muito cômodo. Não se justifique pelas falhas dos que não souberam corresponder às suas expectativas.

Vamos olhar para frente, arregaçar as mangas da camisa, endurecer as vértebras do corpo e fazer uma revolução criativa, sem ódio, sem mágoa e com a certeza da renovação de nossas atitudes.

Essa oportunidade não é passageira. Nós é que somos passageiros e temos a responsabilidade social de contribuir para um mundo melhor para nossos filhos e netos. Embarque você também nesse Táxi Cidadão.

Nosso destino e situação atuais evoluem de modo condizente com nossos pensamentos.

Faça sua parte e vote. Se estiver longe do seu domicilio eleitoral, justifique sua ausência. Também aqui estamos dispostos a ajudá-lo. VÁ DE TÁXI. 

TÁXI CIDADÃO – RESPONSABILIDADE SOCIAL - JUSTIFICATIVA ELEITORAL

Postagem no Blog O Turista no Táxi, atualizada em 07/08/2012

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Você também pode...



É possivel tornar esse mundo melhor. Participe e colabore. Pequenas ações direcionadas para o bem de todos retorna para você como uma onda de grandes realizações. Assista o vídeo acima, e veja a sugestão do Google.
A Táxi Company apóia condutas cidadãs.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

LEITURA DE BORDO: "Quem espera sempre cansa"


Há algum tempo, cerca de quatro anos para ser mais exato, visualizamos a necessidade de atender com nossos serviços de táxi, um público que precisa de mais mobilidade que qualquer dos mortais comuns.

Por Luiz Correia – 23/09/2008

O projeto da Táxi Company consistia em oferecer o táxi com tarifa subsidiada em 50%, pelo poder municipal, aos portadores de necessidades especiais. Seria feito um cadastro de todo aquele que se enquadre no perfil acima e confeccionado um cartão de identificação com um código específico para evitar uso indevido desse beneficio. Critérios de utilização do serviço seriam impostos. Dentre eles:

1. Para ir ao trabalho, dentro do perímetro urbano;
2. Para ir estudar em escola, faculdade ou curso de qualquer natureza; e
3. Para tratamento de saúde, (ex.: fisioterapia ou tratamento de qualquer natureza clínica).

Com relação aos profissionais, estes seriam selecionados a partir de requisitos preestabelecidos e posteriormente treinados para atender pessoas tão especiais.

Note-se aqui que são especiais não por serem diferentes no aspecto físico, mas sim pelas qualidades que demonstram em superar desafios. Surpreendem a todos quando provam que o espírito é mais e maior que a matéria. E, não se cansam porque não esperam. Mas, fazem acontecer...

Inspirados nesses vencedores nos sentimos motivados a, num gesto solidário, somar esforços na idealização e concretização desse empreendimento. Temos as nossas limitações em função das leis municipais que regem o mercado de táxi, caso contrário, já teríamos avançado muito mais do que pudemos fazer até hoje.

Não foi muito o quanto conseguimos após os esforços e insistentes apelos. No entanto, o primeiro passo foi dado. Temos consciência que estamos apenas no começo da corrida por um mundo melhor, para todos.

Leia abaixo, o que foi realizado.
_______________________________________________________________________________

Vereador propõe criação de serviço de táxi adaptado para atender as pessoas com necessidades especiais

O vereador Hervázio Bezerra (PSDB) divulgou hoje (19), durante a sessão especial que discutiu as dificuldades e os avanços vivenciados pelas pessoas com deficiência de João Pessoa, um projeto de lei de sua autoria que prevê a instituição do serviço especial de transporte individual de passageiros em táxis para atender as pessoas com necessidades especiais.

Por Cristina Fernandes – 19/09/2008

Segundo o parlamentar, o projeto já está em tramitação na Câmara. “Alguns taxistas de João Pessoa, ao pararem para pegar seus passageiros, quando percebem que são deficientes físicos, querem cobrar um valor mais elevado, diferenciado, justificando o trabalho extra que terão para transportá-lo. Não existe nenhuma lei que obrigue os taxistas a transportarem as pessoas com deficiência. Quem faz isso, faz por solidariedade. Sabemos que o Rio de Janeiro e São Paulo já dispõem de uma frota adequada para o transporte do portador de deficiência. Atualmente, são muitos os obstáculos e dificuldades enfrentados pelos portadores de deficiência, não somente no transporte como na acessibilidade”, problematizou.

O projeto do vereador tucano diz que o serviço especial de transporte individual de passageiros em táxis visa atender às exigências de deslocamentos das pessoas com necessidades especiais, portadoras de deficiência física temporária ou permanente, idosos e outras pessoas com dificuldade de mobilidade. O serviço não será considerado de caráter exclusivo e para a sua prestação, os veículos deverão estar adaptados com plataforma elevatória na extremidade traseira ou lateral, conforme planta do equipamento a ser aprovada pela STTrans (Superintendência de Transporte e Trânsito de João Pessoa), bem como atender às determinações e especificações técnicas estabelecidas pelo órgão.

Fonte: Paraíba.com http://www.a-paraiba.com/diretorio/gotoframe.php?id=8
___________________________________________________________________________________

Táxi Especial


Publicado em 04/06/2008

Há um ano a Prefeitura do Rio oferece às pessoas portadoras de deficiência o serviço de táxi adaptado. O projeto é uma iniciativa das Secretarias Municipais da Pessoa com Deficiência e Transporte, em parceria com a Especial Coop Táxi RJ. O Táxi Especial funciona 24 horas por dia e pode ser solicitado pelos telefones 2585-5577 ou 3295-9606. O agendamento de corridas pode ser feito das 7h às 23h.

Durante a ligação o atendente da cooperativa solicitará informações como, nome, endereço, horário da corrida e local de destino. As formas de pagamento disponibilizadas são em dinheiro e cheque (apenas para os clientes já cadastrados). A partir do dia 16 de maio a tarifa passou a ser diferenciada em relação aos táxis comuns, sendo o valor da bandeirada de R$5,70, e o quilômetro, R$2,20, independente do horário ou dia da semana.

O serviço de Táxi Especial já conta com 932 usuários cadastrados e já atendeu a mais de 16 mil chamadas. Atualmente circulam pela cidade 16 carros adaptados.

Fonte: http://www.rio.rj.gov.br/pcrj/destaques/servicos/destaque_taxi.shtm
(Postado em 03/08/2008)

_____________________________________________________

(Comentários: Aguarde. Breve colocaremos um pauta referente ao tópico acima, na cidade de João Pessoa – PB .)

sábado, 13 de setembro de 2008

SEGURANÇA E TRANSPARÊNCIA EM SERVIÇOS DE TÁXI


Gato por lebre, as aparências enganam ou “muitos têm diamante no bolso e pensam que é carvão”, são algumas das expressões usadas para designar o quanto estamos certos ou errados numa tomada de decisão.

Por Luiz Correia – 13/09/2008

Em uma escolha entre produtos similares, o risco do erro é menor que entre serviços da mesma natureza. No caso particular do táxi, existe um momento transitório entre serviço e produto. O que vem aumentar a possibilidade de uma boa ou má escolha.

Por definição, entendemos serviço como “atividade econômica de que não resulta produto tangível, (...). Ex.: transporte, (...), atividades de profissionais liberais, (...)”. (Dicionário Aurélio)

Entenda-se aqui o produto - o carro utilizado – como o objeto do serviço executado pelo profissional autônomo, o taxista. Para se obter uma satisfação plena na utilização do táxi, é necessária uma combinação justa desses dois fatores: o homem e a máquina.

Veículos novos sejam grandes ou pequenos, mas que sejam adequados às necessidades do usuário, associados a profissionais qualificados é fato gerador da satisfação plena do cliente. O pagamento pelo serviço é realizado com igual satisfação, mesmo o preço sendo cobrado pelo taxímetro, em corridas urbanas, ou previamente acertado em casos de viagens ou passeios.

Cuidado com os descontos

Muitos taxistas usam a estratégia do preço baixo para atrair o usuário pelo bolso. Uma das partes mais sensíveis do corpo humano.

É mais conveniente, em particular, para os profissionais que não querem fazer nenhum esforço além de dirigir o veículo até o destino, sem nenhum critério de segurança, higiene e conforto.

Atualmente muitas empresas de táxis oferecem descontos na tentativa de encobrir os péssimos serviços que prestam através de seus agregados. Estes por sua vez, não questionam tais práticas, pois sentem o imediatismo da diária a fim de cumprir suas obrigações sejam pessoais ou profissionais. Pagar a mensalidade da empresa é uma delas.

Sendo assim, cabe aqui uma sugestão: não troque Qualidade por Preço Baixo. Desconfie de empresas ou profissionais que “vendem” descontos.

Compre sempre Serviços e/ou Produtos com Qualidade, nem que tenha que pagar um pouco mais que aquele que oferece um “negócio da China”. Muitas vezes é bom lembrar de um conselho de avó: “O barato sai caro”. Valorize o seu diamante no bolso, ele não é carvão.

Afinal, segurança, conforto e bom atendimento não têm preço. Tem o “algo mais” que você procura...

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Vídeo-Táxi - Nossos vídeos, no YouTube, para Você!

Escolha o tipo de serviço - passeio, viagem ou transfer - acesse nosso site Táxi Company, nos remeta um e-mail de solicitação e Boa Viagem.



***TÁXI COMPANY - TRABALHANDO POR VOCÊ***