quarta-feira, 13 de maio de 2009

...De táxi em Praia Grande, litoral sul de São Paulo

Hoje sou turista!

Passeando em Praia Grande, litoral de São Paulo, precisei ir em dois bancos. Os dois situavam-se na mesma avenida e faltavam 20 minutos para o encerramento do expediente. Por sorte, consegui uma vaga na área azul, entre os dois estabelecimentos bancários. Estacionei meu carro. Mas,a distância entre os dois não favorecia muito resolver as duas situações nesse espaço de tempo. E conseguir outra vaga em meio àquele tráfego não seria fácil. Foi aí que lembrei do táxi.

Na porta do primeiro banco existia um ponto de táxi. Entrei correndo. Ato contínuo, em seguida peguei o único táxi que existia naquele local e... já sentado no assento traseiro informei ao taxista para onde ia. Durante alguns segundos ele pensou algo e aceitou levar-me a apenas seis quadras de distãncia no sentido oposto ao trânsito naquela rua.



Para minha surpresa o taxímetro, ao ser acionado, começou com R$ 4,00. Pensei, em João Pessoa, a bandeirada é R$ 3,30. Será que o taxista vai dar desconto, ao final da corrida?

Quando chegamos ao destino já marcava R$ 5,80. Como é de praxe, todo passageiro que se preza pergunta: Quanto eu pago?

O taxista respondeu: Seis reais.

De imediato, estava com uma cédula de vinte reais na mão. Recebí o troco e descí.

Achei interessante a experiência. Esse taxista está sendo honesto consigo mesmo. Já faz as contas incluindo a gorjeta de 0,20 centavos. E... Nem pensar em falar em desconto. Durante a corrida economizou até palavras. Só falou seis reais.

Resolví o outro assunto no segundo banco e fui fazer um small city-tour, a pé. Andamos pela avenida Costa e Silva e observamos algumas curiosidades que poderíamos sugerir como modelo para outras cidades com vocação turistica.



Muitas pessoas andam de bikes e triciclos.



As calçadas tem coberturas que incentivam os turistas a percorrerem as lojas,...



...bares e lanchonetes sem pressa e protegidos do sol ou de eventuais chuvas.



Os semáforos são dispostos na vertical - quem sabe a intenção seria a não-poluição visual - nos dois lados da rua calçada com tijolos na cor vermelha.



O que dizer de um grande arco branco que antecede o semáforo?



Fora essa "senhora dúvida", a cidade é uma beleza. Muito bem organizada, com excelente sinalização, tanto vertical...



...quanto horizontal. Fazendo observar a rotatividade dos táxis, que não se demoram no ponto. A procura certamente é grande e satisfatória para os taxistas.



No aspecto segurança, nota 10. Uma delegacia móvel...



...que permite, ao casal enamorado, deitar na praia e curtir momentos de lazer e tranquilidade.



Esta é Praia Grande, cidade litorânea, com população em torno de 300 mil habitantes, segundo um morador local e comentários, acima, de um turista ocasional - ou será um taxista acidental? - vai saber!

Vejam mais fotos, abaixo:



Esta é Boqueirão uma das muitas praias de Praia Grande.


Quiosque à beira-mar.


Uma das poucas praias, ainda com coqueiros na areia.

Vale a pena conhecer Praia Grande. Taxi Company recomenda!!!

Nenhum comentário: