sábado, 2 de março de 2013

FICÇÃO OU REALIDADE: Bandido rouba maleta de estátua no centro da cidade


Nesse mundo curioso já temos visto de tudo, menos uma estátua ser roubada  - ou será que foi assaltada? – em plena praça pública.


O fato aconteceu em uma capital do nordeste do Brasil. Com uma população de cerca de 800 mil habitantes, a cidade esconde um “especialista” em roubar patrimônio público. Digo especialista, porque hoje tem bandido se especializando em colarinho branco, em roubo de banco com dinamite, em golpes cybernéticos e muitas outras especializações. Mas esse é diferente. Ele ataca a vítima sabendo que não sofrerá nenhum conta-ataque, ela não esboçará nenhuma reação. Será fácil, muito fácil. Mas quem disse que vagabundo quer dificuldade?

É fato que a suposta vítima já virou atração turística. A exemplo das placas anunciando a presença de tubarões na Praia de Boa Viagem em Recife, o “executivo sem pasta” como já foi renomeado, tem atraído muitos turistas a disparar cliques de suas câmeras digitais.

Versões

A policia ainda não sabe quem foi o autor (ou autores) do crime. Mas, segundo o delegado que investiga o caso, existem três vertentes de investigações.

A primeira seria a de algum grupo internacional que estaria interessado em uma peça do quebra-cabeça do VentLigo. Essa “peça” estaria dentro da pasta e seria publicado na web, sendo resolvido o dilema, logo após a 22ª lua cheia nos últimos dias de dezembro de 2014. Após as eleições para Presidente.

Na segunda variante, o fato gerador desse crime seria a existência, dentro da maleta, do dinheiro referente ao pagamento da nova campanha do Saco da Familia, ou seja, a reedição do famigerado Zero de Fome.

A terceira e última é que trata-se da verdadeira Pasta da Transparência Pública. Lá devem existir documentos que comprovam os escândalos financeiros envolvendo a primeira dama, apontam os culpados pelos crimes de lavagem de dinheiro na caixa e desmascara o verdadeiro “Big Boss” pagador das mensalidades parlamentares dentre muitos outros casos não “resolvidos”.

Ficou curioso? Quer saber onde encontrar e fotografar o “Executivo sem Pasta”?


Veja agora outros “ataques” a estátuas indefesas.


Uma espécie de Vênus de Milo, teve o olho perfurado. Fica em Maceió, no Mirante.

Veja os links sobre monumentos que sofreram vandalismos. 




E agora apresentamos Floriano Peixoto que se recuperou dos ataques de vandalismo e reaparece lembrando o Homem de Ferro, no Memorial a  República. 

Confira:



Floriano Peixoto no Memorial a República

Afinal, é ficção ou realidade? Só visitando o Nordeste para saber. 




  








Nenhum comentário: